Inflexibilidade e Julgamento

É preciso ficar atento ao tamanho da sua dificuldade de se abrir para novos conceitos, novas possibilidades, além daquelas que te ensinaram e que tu tens como certas e válidas.

Se não houver abertura para o novo, se não houver contato pessoal com o próprio sentir, se tudo o que fizeres e participares for apenas baseado no mental e nas construções ditas como científicas e comprovadas, uma certa inflexibilidade se instalou em tua vida.

Estar fixo em conceitos prontos, e sistemáticos, ainda que eles venham de uma fonte científica, limita a criação, limita as possibilidades, limita o contato com o novo e te coloca numa posição de separação e julgamento de qualquer coisa ou Ser que não esteja agindo e te apresentando algo que seja sistematicamente aceitável. Te limita ao contato contigo mesmo, com teu sentir, com a expressão do TEU SER.

Dessa forma julgarás negativamente para não te aproximar do novo, julgarás para te proteger de algo que temes por ser totalmente novo para ti. Algo novo sem comprovação científica… Realmente tua mente vai se tornar uma grande julgadora se escolheres viver dentro dos limites que te impusestes, se preferires não entrar em contato com o teu sentir, se tiveres medo de ti mesmo…

Tua mente vai julgar muito qualquer novo conceito, nova energia, vai julgar no sentido de rotular e dizer que esse novo não existe e que não é possível, vai julgar por que o medo foi ativado em ti. O medo foi ativado por que algo em ti foi tocado. Um aspecto que precisa ser sentido e expressado foi tocado.

As pessoas que possuem mentes sistemáticas, que tem conceitos de vida estáticos ou determinados são grandes julgadores, que lutam para não tocar os aspectos mais sensíveis e frágeis de si mesmos.

Aqueles que são muito mentais tem a tendencia de julgar qualquer coisa que fuja do controle deles, qualquer coisa que fuja de seu mundo aprendido. Eles se defendem dentro dos seus próprios limites julgando tudo e todos os que não correspondem ao seu modo de viver e pensar. Eles buscam mais e mais conhecimento, mais e mais títulos, e reconhecimento, para poderem embasar sua vida bem protegida e perfeita.

Essas pessoas pensam que os demais devem seguir suas vidas de acordo com os mesmos parâmetros e mesmos conceitos que eles vivem. Elas não aceitam ter a experiencia de conhecer e fazer contato com outra forma de viver. Eles julgam negativamente as outras formas.

Não estou afirmando que é errado viver de forma limitada e sistemática. É uma forma de viver, é uma forma de se apresentar para o mundo. Mas não é a única forma.

Podes escolher viver da forma que desejares e conseguires viver. Mas quando tiveres o desejo de julgar o outro por que ele não vive como tu, algo não está bem contigo.

O outro pode também escolher viver como ele quer e deseja.  Agir com inflexibilidade ao ponto de não ouvir e julgar sem conhecer e ter a experiencia é um pequeno sinal de que algo em ti não está feliz.

 

 

 

Anúncios

Expresse algo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s