Como o DNA se organiza Energeticamente

Há um grande equívoco quando afirmas ou te afirmam que tens ou poderás ter uma determinada doença por que teus pais, avós e bisavós já tiveram, e por que  essa doença faz parte da tua herança genética, e isso não pode ser mudado.
Saiba que verdadeiramente os humanos não herdam doenças. É impossível herdar doenças. O que os humanos fazem é repetir padrões de vida baseados em crenças ancestrais que eles assumem como seus.
As doenças são parte da desconexão do humano de seu aspecto divino. São consequência do viver de acordo com comportamentos, credos e formas de pensamentos aprendidos e assumidos para si como se seus fossem.
Esse viver aprendido dispende uma grande quantidade da tua energia, por que simplesmente contraria teu próprio SER, desrespeita a tua INTEGRIDADE. Essa grande quantidade de energia é retirada do teu corpo físico, que se esvai e perde a vitalidade, até gerar doença em algum órgão.
Enquanto estiveres vivendo dessa forma aprendida, não estarás recebendo energia vital da tua fonte de nutrição, que é o teu Ser Divino. Enquanto estiveres vivendo simplesmente como te fizeram acreditar que deves viver, estais ensinando as tuas células a gerar a doença, estais repetindo a doença dos teus antepassados, por que vives exatamente como eles acreditaram que era correto viver. Envias assim para tuas células as mesmas informações que eles já faziam para si mesmos. Essa é a forma como teu DNA se organiza enquanto estais desconectado do Teu Ser Divino: teu DNA se organiza de acordo com as informações que ele recebe de ti, de acordo com o teu viver, os teus costumes, as tuas crenças, a tua dor ou alegria, ele recebe a tua informação e responde criando de acordo com o que pedes dele.
Esse credo, essas crenças nas quais gerações e gerações basearam seu viver tem como base o medo, a dor, a culpa. A partir dessa base há sempre um bom motivo para não mudar, ou sequer questionar uma mudança, pois de acordo com essas crenças qualquer mudança pode causar culpa, ou dor. Dessa forma, é bem importante perceber em quais crenças baseias o teu viver, pois bem ao contrario do que acreditas, as crenças são exatamente a causa da tua dor e da tua culpa. Vives de acordo com a crença contrariando teu SER, de modo que, se um segundo sequer viveres de acordo com teu SER, tua crença te fará sentir culpa, isso significa mais dor e mais culpa, e se não despertares para a Liberdade do SER, será um ciclo interminável de DOR.
Na verdade para sair desse ciclo de doenças ditas como genéticas, é importante que saias do estado separado da tua própria divindade, que é o teu SER, e te conectes a ele.
Lembra? és um SER HUMANO. Não és apena HUMANO. Esse SER Significa a tua parte Divina, a tua parte “EU SOU” = DEUS. 
Para que saias desse ciclo doentio basta que te conectes ao teu próprio SER DIVINO, que consequentemente te desconectará e liberará dessas crenças, cabendo a ti liberar o lixo emocional que elas causaram.
És energia vital em essência, tua matriz original de existência é perfeita por si mesma, e tem todas as informações de que necessitas para teres um corpo saudável, e uma vida cheia de vitalidade.
A nutrição que tua própria divindade pode te dar é infinita, e perfeita em todas as formas, e está disponível agora mesmo, desde que tu estejas disponível para acessá-la.
Trabalhos de alinhamento energético como frequências de brilho, cura eletromagnética integral, cura Archturiana, produzir seu próprio maná, e reconectar sua sexualidade sagrada são formas para facilitar a conexão com seu Eu Divino. Entre em contato e inicie sua jornada em direção ao seu Divino.