Mitos sobre a espiritualidade

Muitos mitos foram construídos sobre esse tema tão falado ultimamente.

Uma grande confusão se cria a partir desse nome.

Em nome da espiritualidade se formam conceitos, e dogmas, criam novas crenças e se retiram das pessoas seu proprio poder.

É preciso desmistificar esse tema. A espiritualidade não quer retirar o poder de ninguem, e tambem não quer determinar os designios da vida de ninguem.

Aqui no plano terreno ninguem tem o poder de determinar os desígnios da vida de ninguem. Jamais acredite em previsões que alguem faça sobre tua vida, porque só tu és dono dos teus desígnios.

Cada um e todos são donos das suas próprias escolhas e senhores das suas proprias criações.

A espiritualidade apenas está sempre disponivel para apoiar energeticamente quem a ela acessar, no entanto,  não é ela quem determina a vida dos humanos, como se houvessem deuses externos governando suas vidas.

A espiritualidade não é intangível intocável e tampouco distante dos humanos. Ela é inerente a eles.

Todos e cada um de nós fazemos parte da espiritualidade e estamos conectados atraves da grade de consciencia universal.

Todos nós somos um só, e cada um de nós é uma essencia divina muito particular, muito única.

Cada um de nós é um Deus especializado na essencia que É.

Um Deus que tem qualidades especificas e que coopera e faz parte da fonte da criação, e tem acesso a todas as qualidades e informações dessa consciencia. Todos nós como consciencia grupal atuamos em grupo, conduzindo a expansão do universo como ele É.

Não há melhor ou pior, mais ou menos evoluído, todos são Deuses.

O que nos impede de viver essa realidade de amor e harmonia na Terra é apenas o esquecimento de muitos, a desconexão da maioria, que vive com base na dualidade mental criando confusão e separatividade em suas vidas.

Eles acreditam que devem seguir suas vidas de acordo com a maneira de viver de outros. Eles esqueceram, ou ainda não fizeram contato com a propria maneira de fazer as coisas, como a propria energia vital, com as proprias qualidades inatas, e o próprio poder pessoal.

A dificuldade física quando acontece, a escassez fisica, emocional, é acima de tudo a dificuldade de acessar o amor na sua mais pura essencia. Quando não há amor, não há fluidez na vida terrena. Falta combustível para viver.

Mas e o que é esse amor?

Fala-se tanto de amor, e todos querem amor. Mas o que se entende por amor está mais perto de uma troca de favores e vantagens, do que do verdadeiro amor.

Os individuos amam a si mesmos mais pelo que os outros admiram neles do que pelo que eles reconhecem como maravilhoso em si mesmos. Muitas vezes negam suas mais importantes qualidades em prol de receber a admiração e o “amor dos demais”.

E a palavra amor é usada para manipular o Ser e atender a alimentar a continuidade de uma cultura há muito doente e geradora de pessoas doentes.

A palavra chave para chegarmos ao amor é: autenticidade. Ser quem é, independente das exigencias externas. Desenvolver mais e mais a sua essencial qualidade, e expressa-la para o mundo, com amorosidade e pureza.

Quando confiares na possibilidade de Ser quem verdadeiramente És ninguem mais te proibirá de livremente expressar tua Luz para o mundo.

Não há como fazer contato com o verdadeiro amor em ti sem expressar verdadeiramente quem És.

Não precisas seguir nenhuma doutrina, uma porção de dogmas, e tambem não precisas cultivar crenças, ou fazer meditações complicadas.

A espiritualidade é tudo o que És.

Só precisas estar em contato com teu sentir, com teu corpo, perceber o que te faz feliz, e animado, e o que te faz triste e desanimado. Teu corpo, tuas emoções estão todo o tempo comunicando o que teu espirito e a espiritualidade querem te dizer. Teu espirito sabe o caminho, ele habita teu corpo, e ele se comunica com toda a espiritualidade. Ele sabe…

E ele comunica contigo atraves do teu corpo, tua mente, tuas emoções. Teu corpo também é parte do teu espírito.

Desanimas quando ouves mais o mundo exterior e ouves muito pouco a ti mesmo. Desanimas quando não enxergas e não reconheces o teu poder e a tua luz. Toda a abundancia está conectada a tu acreditares, sentires e enxergares a ti mesmo com todas as qualidades que tens.

Quando não enxergas a ti mesmo como luz e amor, quando não percebes o teu potencial a ser desenvolvido, cultivas em ti sentimentos de desamor, e permites que o mundo doente a cultura manipuladora te controle, e fechas as portas para a abundancia em tua vida.

Percebe, depende apenas de ti criar uma vida abundante e amorosa.

 

 

Anúncios

Expresse algo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s