É HORA DE SOLTAR PADRÕES ANTIGOS DE CRENÇAS LIMITANTES

Imagem

Temos vivido por milênios carregando arduamente muitos costumes, muitas crenças que nos transmitiram de geração a geração. Vivemos assim por que nos ensinaram. Mensagens subliminares sobre como agir e reagir, como comer, como dormir, como trabalhar, em que acreditar, e até mesmo o que ou quem amar, como tratar uns aos outros, como educar nossos filhos, como enxergar uns aos outros, conceitos e pré conceitos que estão sutilmente envolvidos no nosso viver, comandado nossas vidas sem que nos demos conta disso.

Alguns desses conceitos e pré conceitos influenciam diretamente no nosso conceito de quem somos e do que somos capazes de fazer. Podem limitar nossa capacidade de criar e de Ser Quem realmente Somos.

Esses padrões pré estabelecidos rondam nossas vidas diariamente, e muitas vezes acreditamos tanto que eles são a nossa verdade, que sequer questionamos por que algumas coisas que fazemos não nos satisfazem. Acreditamos que é necessário seguir esses padrões, acreditamos que não podemos viver sem eles, e muitas vezes esses padrões limitam até a nossa própria respiração, as batidas no nosso coração, e o sopro de vida dos nossos pulmões, que funcionam com sofrimento, como se houvesse um freio impedindo-os de soltar e expandir toda a energia vital disponível. Esses padrões tem o poder de impedir a energia vital de fluir  no nosso corpo, e consequentemente acabam por minar a nossa saúde, causando problemas de saúde, bem como dificultando toda a nossa energia vital. E a vida passa a ser sentida como sofrida, difícil, sem alegria, e as tarefas diárias passam a ser uma obrigação e não uma alegria de viver, um viver contínuo e fluído, abundante e cheio de energia.

Quando não nos damos conta de que vivemos assim limitados, nos contentamos com o pouco que recebemos, com a pouca saúde e a pouca abundância, por que acreditamos que é normal viver com tantos limites a nossa própria maneira de Ser, acreditamos que não é possível Ser quem Somos, por que provavelmente neste caso nós geralmente sequer pensamos que podia ser diferente, que temos opção de transformar, de criar algo novo, de viver de forma leve, fluída, sem esforço. 

Muitas pessoas sequer imaginam que não vivem exatamente aquilo que o seu coração deseja, por que elas não entram em contato com seu coração, por que o canal de comunicação emocional se fechou por tanta interferência de crenças limitantes que foram inseridas no campo energético daquelas pessoas desde que elas nasceram.

É quase impossível na Terra de hoje existir alguém que não tenha sofrido qualquer influência das crenças que limitam o nosso conhecimento como Seres Divinos Criadores que Somos. Esta é a cultura que ainda predomina da Terra. 

Precisamos acordar deste sono profundo, e perceber o ambiente em que fomos criados, começar a abrir os olhos e enxergar que há algo mais que não nos foi mostrado. Algo que é essencial ao nosso viver, que diz respeito a Quem Nós Somos de verdade.

Os véus da ilusão estão sendo todos levantados e um novo mundo está se mostrando para a humanidade. É chegada a hora de soltar esses padrões antigos de crenças limitantes, e à medida que soltamos esses padrões, vamos acolhendo a nossa humanidade, acolhendo a dor das nossas partes que foram esquecidas, acolhendo a dor de não termos podido expressar tudo aquilo que realmente Somos. Acolher a culpa de não termos tomado nosso poder pessoal em nossas mãos até agora, soltar todos esses sentimentos e assumir o nosso lugar no nosso corpo, na Terra, no Universo. 

Este não é um trabalho fácil, mas é na maioria dos casos a libertação de um viver difícil e esforçado, caminhando para um viver fluído, abundante e com mais energia vital.

É necessário que você se reconecte com os seus sentimentos, solte a rigidez e se entregue para o SENTIR. Sentir você mesmo, as suas alegrias, as suas dores, as suas angústias, os seus maiores medos. O único caminho para soltar é através do sentir. Voce não vai conseguir soltar os padrões antigos se não entrar em contato com as suas dores, se não aprender a ver o sol nascer e se pôr, se não sentir as gotas da chuva caindo no seu corpo, e o calor do fogo a te aquecer. SENTIR é a palavra que voce precisa lembrar todos os dias, todos os momentos. 

Através do SENTIR você vai perceber que tem um corpo, que ele te diz muitas coisas importantes, e que você não é feito de ferro, você é HUMANO! É através da sua humanidade que você vai chegar ao seu Eu Divino. Eles não estão desconectados, eles são um Só, mas o seu Eu Divino só vai se manifestar quando você se conectar ao seu Sentir, que é um atributo da sua humanidade.

 

 

 

 

Expresse algo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s